Bíblia do Caminho  † Testamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Brilhe vossa luz — Autores diversos — F. C. Xavier / Carlos A. Baccelli

 

7

 

Benevolência

Traduzindo benevolência por fator de equilíbrio, nas relações humanas, vale confrontar as atitudes infelizes com os obstáculos que afligem o espírito, na caminhada terrestre.

Aprendamos sinonímia de ordem moral, no dicionário [simples] da Natureza:

 

Crítica destrutiva — labareda sonora.

Azedume — estrada barrenta.

Irritação — atoleiro comprido.

Indiferença — garoa gelada.

Cólera — desastre à vista.

Calúnia — estocada mortal.

Sarcasmo — pedrada a esmo.

Injúria — espinho infecto.

Queixa repetida — tiririca renitente.

Conversa desnecessária — vento inútil

Preconceito — fruto bichado.

Gabolice — poeira grossa.

Lisonja — veneno doce.

Engrossamento — armadilha pronta.

Aspereza — casca espinhosa.

Pornografia — pântano aberto.

Despeito — serpente oculta.

Melindre — verme dourado.

Inveja — larva em pencas.

Pessimismo — chuva de fel.

 

Espiritualmente, somos filtros do que somos.

Cada pessoa recebe aquilo que distribui.

Se esperamos pela indulgência alheia, consignemos as manifestações que nos pareçam indesejáveis e, evitando-as com segurança, saberemos cultivar a benevolência, no trato com o próximo, para que a benevolência se nos faça auxílio incessante, através dos outros.

 

.Emmanuel

 

(Psicografia de Francisco C. Xavier)

 


Essa mensagem, diferindo nas palavras marcadas e [entre colchetes], foi publicada originalmente em 1963 pela editora CEC e é a 28.ª lição do livro: “Opinião Espírita”.

 

Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

 

.

D
W