Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Augusto vive — Augusto Cezar Netto


5

Ponto e linha

1 Irmã, recebi a sua carta. A sua pedida é um baraton

2 Diz você que debutou, nestes dias, e sente sede de liberdade. Quer fazer o seu caminho, morar em seu próprio nicho, entrar nas suas jogadas, largar aquele plá em sua madre viúva e mandar o seu irmão pro chuveiro. E, depois, vida pra que te quero.

3 O engraçado da história é que você quer umas papas deste seu criado que já passou pela alfaiataria do mundo, abotoando o paletó quando menos esperava.

4 “Qual o seu pó sobre o meu assunto? Diga lá, irmão Augusto, alguma pala que me ajude.” Isso é o que você pede e estou baratinado pra responder.

5 Mas, olhe. Pra apoiar uma decisão dessa, numa garota de quinze anos, só mesmo se o seu irmão Augusto estivesse morando no inferno com força total. Mas isso não acontece.

6 Não cheguei ao país dos anjos, e sim, largando os freios no mundo, esbarrei numa pedreira, onde amigos sensacionais me arranjaram trabalho pra valer. Não estou num reformatório, mas me sinto em reforma pra melhoradas gerais.

7 Se você quer dicas sem saberenças, não saia de sua casa, à maneira de andorinha, cheirando a ovo, querendo voar sem penas. Se você fizer isso, esteja certa de que adquirirá outras penas tão pesadas que muito dificilmente conseguirá, algum dia, sair do chão.

8 Façamos de conta que você se transformou numa ave dessas. Bastará que se veja sozinha para encontrar o gaturama, o gavioleiro, o gorgota, o intrujo, o lelé, o salafra, o embalado e o trampeiro, até que, por fim, você se reconhecerá num bando de mariposas e tirongueiros que deixarão você no liceu da canória.

9 Pode ser que Deus faça um milagre pra você, evitando essa quiaca, mas o resultado que apresento, segundo a matemática do mundo, é o mais certo. Enfim, a resposta do seu irmão Augusto não pode ser outra. Acredite, porém, que se você não puder pensar nesta base, será melhor fazer o que lhe vier à cuca, esquentada assim tão cedo, e que Deus a proteja no resto.

10 Agora, boa sorte pra você e tchau. Se não falei como devia, estou convencido de que disse o que deveria dizer.


Augusto Cezar



[1] Obs.: Para melhor compreensão de algumas expressões utilizadas pelo autor espiritual vide Glossário de gírias.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir