Bible of the WayBíblia do Caminho  † Xavierian TestamentTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Auta de Souza — A própria ©

 

54

 

Alguém na estrada

1 Alguém te espera o amor, estrada afora,

Seja o dia translúcido ou cinzento,

Para extinguir a sombra e o sofrimento,

Nas empedradas trilhas de quem chora!…

 

2 Não te detenhas!… Vem!… O tempo é agora,

Há quem se arrase ao temporal violento,

E corações ao frio, à noite e ao vento

Ante a descrença que se desarvora….

 

3 Vem à estrada do mundo!… Ampara e ama!…

Esclarece e consola, alça por chama

O próprio coração fraterno e amigo!…

 

4 Esse alguém é Jesus, que te abençoa!…

Trabalha, serve, esquece-te, perdoa

E o Mestre Amado seguirá contigo!…

 

.Auta de Souza

 


(Soneto recebido, em reunião pública da Fundação Marietta Gaio, na noite de 30 de outubro de 1974, no Rio de Janeiro, RJ.)

 

Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.