Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Auta de Souza — A própria


17

Escuta

  1 Não menosprezes quem te bate à porta…

  Contempla a segurança de teu ninho

  E repara, lá fora, o torvelinho

  Da miséria que punge e desconforta.


  2 Fome… Frio… Viuvez… Pranto escarninho…

  Não respondas dizendo “que me importa?”.

  Traze à dor da esperança quase morta

  Um caldo… um pão… e um gesto de carinho…


  3 Uma gota de leite… um trapo… um bolo…

  Isso é muito a quem sofre sem consolo,

  No vale onde a aflição ruge e domina…


  4 E a migalha que deres a quem chora,

  Um dia, ao Sol do Amor, na Eterna Aurora,

  Será teu prêmio na Mansão Divina.


.Auta de Souza



(Psicografado na “Casa de Jesus”, em Matosinhos, MG, em 18 de janeiro de 1955.)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir