Bíblia do Caminho  † Testamento Kardequiano

Índice Página inicial Próximo Índice

Viagem Espírita em 1862 e outras viagens de Allan Kardec ©

(Édition Française)

CONTÉM: 1. As observações sobre o estado do Espiritismo — 2. As instruções dadas nos diferentes Grupos — 3. As instruções sobre a formação de Grupos e Sociedades, e um modelo de Regulamento para seu uso  — Por ALLAN KARDEC — Paris, novembro de 1862


Fora da caridade não há salvação. Fora da caridade não há verdadeiros espíritas.


Índice

Nota do Tradutor

Viagem Espírita em 1862 (Itinerário)

Resposta ao convite dos espíritas de Lyon e de Bordeaux (Revista Espírita)

Impressões gerais


PRIMEIRA PARTE


Discursos pronunciados nas reuniões gerais dos espíritas de Lyon e de Bordeaux — CAPÍTULOS I, II, III.


SEGUNDA PARTE


Instruções particulares dadas aos Grupos em resposta a algumas das questões propostas | Capítulo I — Das surdas manobras dos adversários do Espiritismo. | II — Senha espírita. | III — Algumas pessoas veem no Espiritismo um perigo. | IV — Já que o Espiritismo torna melhores os homens, levando os descrentes à crença em Deus, na alma e na vida futura, ele só pode fazer o bem. Por que, então, tem inimigos e por que os que nele não crêem não deixam os crentes em paz? | V — Se a crítica não impediu o Espiritismo de caminhar, seu progresso não teria sido ainda mais rápido se ele tivesse guardado o silêncio? | VI — Há uma coisa ainda mais prejudicial ao Espiritismo do que os ataques apaixonados de seus inimigos: é o que publicam, em seu nome, seus pretensos adeptos. | VII — Considerando-se os sábios ensinamentos dados pelos Espíritos e o grande número de pessoas que são conduzidas a Deus por seus conselhos, como é possível acreditar que seja obra do demônio? | VIII — O que se deve pensar da proibição de Moisés aos hebreus, para que não evoquem as almas dos mortos? Que consequência se poderia tirar do fato, relativamente às evocações atuais? | IX — Como podemos explicar esta passagem do Evangelho: “Haverá falsos cristos e falsos profetas que realizarão grandes prodígios e coisas espantosas, a ponto de seduzir, se fosse possível, os próprios eleitos?” Os detratores do Espiritismo fazem dessa passagem uma arma contra os espíritas e os médiuns. | X — Sobre a formação dos Grupos e Sociedades Espíritas. | XI — Sobre o uso de sinais exteriores de culto nos Grupos.


TERCEIRA PARTE


Projeto de regulamento para o uso dos Grupos e pequenas Sociedades Espíritas [Sugestão de um modelo estatutário]


QUARTA PARTE


OUTRAS VIAGENS DE ALLAN KARDEC

VIAGEM ESPÍRITA EM 1860: Resposta de Allan Kardec durante o Banquete que lhe foi oferecido pelos espíritas de Lyon.


VIAGEM ESPÍRITA EM 1861: O Espiritismo em LyonDiscurso do Sr. Allan Kardec durante o banquete que lhe foi oferecido em Lyon — Epístola de Erasto aos espíritas lionesesO Espiritismo em BordeauxDiscurso do Sr. Allan Kardec aos espíritas de Bordeaux.


VIAGEM ESPÍRITA EM 1864: O Espiritismo na BélgicaO Espiritismo é uma ciência positiva (Alocução de Allan Kardec aos espíritas de Bruxelas e Antuérpia)


VIAGEM ESPÍRITA EM 1867: Breve excursão espírita


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.