Bíblia do Caminho Testamento Kardequiano

Revista espírita — Ano VII — Junho de 1864.

(Édition Française)

VARIEDADES.


O Índex da Cúria Romana.

A data de 1º de maio de 1864 será marcada nos anais do Espiritismo, como a de 9 de outubro de 1861. [Auto-de-fé das obras espíritas em Barcelona.]  Ela lembrará a decisão da sagrada congregação do Índexn concernente às nossas obras sobre o Espiritismo. Se uma coisa surpreendeu os espíritas, é que tal decisão não tenha sido tomada mais cedo. Aliás, uma só é a opinião sobre os bons efeitos que ela deve produzir, já confirmados pelas informações que nos chegam de todos os lados. A essa notícia, a maioria dos livreiros se apressou em pôr essas obras mais em evidência. Alguns, mais timoratos, crendo numa proibição de sua venda, as retiraram das prateleiras, mas nem por isso deixam de vendê-las furtivamente. Tranquilizaram-nos, fazendo-lhes observar que a lei orgânica diz que “Nenhuma bula, breve, decreto, mandato, provisão, assinatura servindo de provisão, nem outros expedientes da cúria de Roma, mesmo que só digam respeito aos particulares, poderão ser recebidos, publicados, impressos nem de qualquer modo executados sem autorização do governo.”

Quanto a nós, esta medida, que é uma das que esperávamos, é um sinal que aproveitaremos, e que servirá de guia para os nossos trabalhos ulteriores.



[1] [Index Librorum prohibitorun et expurgandorum. Elenco de livros proibidos pela Igreja  que se começou a fazer desde o IV Concílio Lateranence, 1515.]


.

Abrir