Bíblia do Caminho Testamento Kardequiano

O que é o Espiritismo.

(Segunda versão.) n
(Édition Française)

Capítulo II.


RESUMO DA DOUTRINA ESPÍRITA.

(Sumário)


PRELIMINARES.


O Espiritismo é fundado sobre a existência dos seres inteligentes e invisíveis que povoam o espaço e que denominamos Espíritos.

A existência dos Espíritos é atestada pelos fatos dos quais somos hoje testemunhas, e pela história, tanto sagrada como profana, que mostra a universalidade desta crença em todos os tempos.

Os Espíritos hão sido designados sob diferentes nomes de acordo com a época, os lugares, os costumes e as tradições das nações; a ignorância emprestou-lhes atributos mais ou menos absurdos. Eles fizeram parte da teogonia de todos os povos: entre os pagãos eram considerados deuses, e se comunicavam com eles através dos oráculos; para outros eles eram anjos ou demônios; para outros ainda, os gênios, os silfos. Segundo o Espiritismo e de acordo com as observações modernas, não são seres de uma natureza especial, criados fora da humanidade: são as mesmas almas dos que viveram sobre a Terra ou em outros mundos habitados, despojadas do seu invólucro material, e que atingiram diferentes graus de aperfeiçoamento.

Os Espíritos estão por toda a parte: eles estão entre nós, ao nosso lado, acotovelando-nos e observando-nos constantemente.

Pela sua presença incessante em nosso meio, os Espíritos são os agentes de diversos fenômenos; desempenham um papel importante no mundo moral e até um certo ponto no mundo físico, e constituem, assim, uma das potências da Natureza.

Os fatos provam que os Espíritos podem manifestar a sua presença entre nós; que podemos entrar em comunicação com eles, e ter com eles intercâmbio de pensamentos.

Nas comunicações que têm conosco, os Espíritos nos informam, no limite do seu poder, dos seus conhecimentos, e de acordo com o grau de sua elevação, sobre sua própria natureza, sua situação, sua influência no mundo, as condições de nossa felicidade ou do nosso infortúnio no porvir; eles nos iniciam nos mistérios da vida futura, e, pelo seu próprio exemplo, nos fazem conhecer o destino que nos aguarda.

O conjunto dos conhecimentos ensinados pelos Espíritos constitui o Espiritismo, que é assim a ciência de tudo o que se relaciona ao conhecimento dos Espíritos ou do mundo invisível.

É nas comunicações que tivemos com os Espíritos, que extraímos tudo o que escrevemos sobre esta matéria. De todos os princípios que expusemos, não há nenhum que não seja o resultado dos seus ensinamentos. Se nós os adotamos, se eles têm, sobre certos pontos, modificado nossas primeiras convicções, é que encontramos, mais que em todos os outros sistemas filosóficos, a solução mais clara e mais lógica das questões que há longo tempo têm dividido os homens, e que interessam no mais alto grau o seu futuro. Damos a seguir o resumo deste ensino.



[1] Nesta segunda versão deste livro, publicado em 1860, o autor apresenta O que é o Espiritismo sob um novo ponto de vista.


.

Abrir