Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Salmos — Livro I  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 14

(Versículos e sumário)

14 (Para o fim. Salmo de David.) O insensato disse no seu coração: Não há Deus. Corromperam-se, e se fizeram abomináveis nos seus desejos; não há quem faça o bem, não há nem sequer um.

2 O Senhor olhou desde o céu para os filhos dos homens, para ver se há quem tenha inteligência, ou quem busque a Deus.

3 Todos se desviaram: à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem sequer um. [A sua garganta é sepulcro aberto; com as suas línguas urdiam enganos; veneno de áspides debaixo dos seus lábios; cuja boca está cheia de maldição e de amargura; os seus pés são ligeiros para derramar sangue, aflição e calamidade nos caminhos deles, e não conheceram o caminho da paz; não há temor de Deus diante de seus olhos.] n

4 Acaso não terão conhecimento todos os que obram a iniquidade? os que devoram o meu povo, como um pedaço de pão?

5 Não invocaram o Senhor, ali tremeram de medo, onde não havia que temer.

6 Porque Deus está com a geração dos justos. Confundiste o conselho do pobre, porque o Senhor é a sua esperança.

7 Quem dará de Sião a salvação de Israel? Quando o Senhor puser fim ao cativeiro do seu povo, exultará Jacob, e alegrar-se-á Israel.



[1] O trecho [entre colchetes] não consta no original hebraico nem na Nova Vulgata.

Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt (Nota importante sobre a enumeração dos salmos)


.

Abrir