Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Oseias    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 13

(Versículos e sumário)

13 Ao falar Efraim, ficou Israel tomado de horror, mas ele delinquiu adorando a Baal e morreu.

2 E agora tem eles acumulado pecados sobre pecados; e fizeram para si estátuas da sua prata como à semelhança dos ídolos, o que tudo é obra de artífices; a estes dizem eles: Homens que adorais os bezerros, vinde sacrificar-lhes.

3 Por isso eles serão como a nuvem da manhã e como o orvalho da manhã que logo passa, como o pó arrebatado da eira pelo torvelinho e como o fumo de uma chaminé.

4 Eu porém sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito; e tu não conhecerás outro Deus fora de mim e não há salvador senão eu.

5 Eu tive cuidado de ti no deserto, numa terra de esterilidade.

6 Eles se encheram e se fartaram à proporção das suas pastagens; e levantaram o seu coração e se esqueceram de mim.

7 E eu serei para eles como uma leoa, como um leopardo no caminho da Assíria.

8 Eu lhes sairei ao encontro, como uma ursa a quem roubaram os seus cachorros, e eu lhes rasgarei as entranhas até lhes chegar ao fígado; e os consumirei ali como um leão, as alimárias do campo os atassalharão.

9 A tua perdição, ó Israel, toda vem de ti; só em mim está o teu auxílio.

10 Onde está o teu rei? Ele te salve agora mais que nunca em todas as tuas cidades; e salvem-te os teus governadores, de quem tu disseste: Dá-me rei, e príncipes.

11 Eu te dei um rei no meu furor e eu to tirarei na minha indignação.

12 Todas as iniquidades de Efraim estão atadas juntas, o seu pecado está guardado em segredo.

13 Sobre ele virão as dores, como de uma mulher que está para parir; ele é um filho insensato; pois não prevalecerá agora no desbarato de seus filhos.

14 Eu os livrarei do poder da morte, eu os resgatarei da morte; ó morte, eu serei a tua morte; ó inferno, eu serei a tua mordedura; a consolação está escondida de meus olhos.

15 Porque ele separará os irmãos uns dos outros; o Senhor fará vir um vento abrasador, que se levantará do deserto; e secará os regatos dele, e fará estancar as suas matrizes, e ele roubará o tesouro de todos os seus vasos apetecíveis.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir