Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Oseias    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 4

(Versículos e sumário)

4 Ouvi a palavra do Senhor, filhos de Israel, porque o Senhor vai a entrar em juízo com os habitantes da terra; porque na terra não há verdade, nem há misericórdia, nem há conhecimento de Deus.

2 A maldição, e a mentira, e o homicídio, e o furto, e o adultério inundaram, e eles têm cometido mortes sobre mortes.

3 Por isso a terra chorará, e todo o que nela habita cairá em desfalecimento, com a alimária do campo, e com as aves do céu; e até os peixes do mar serão compreendidos nesta ruína.

4 Todavia, ninguém se meta a ser juiz neste particular; nem pessoa alguma se repreenda; porque o teu povo é como aqueles que contradizem ao sacerdote.

5 Por isso tu perecerás hoje, e também perecerá contigo o profeta; eu uma noite reduzi tua mãe a ficar em silêncio.

6 O meu povo se calou, porque não teve ciência; porque tu rejeitaste a ciência, também eu rejeitarei a ti, para não exercer as funções do meu sacerdócio; e pois tu te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

7 A proporção do número que deles se multiplicou, assim multiplicaram os seus pecados contra mim; eu mudarei a sua glória em ignomínia.

8 Eles comerão dos pecados do meu povo, e levantarão as suas almas a imitar a iniquidade deles.

9 Portanto o sacerdote será tratado do mesmo modo como o povo; e irei sobre ele com a minha visita para castigar os seus caminhos, e dar-lhe-ei a recompensa dos seus, pensamentos.

10 E eles comerão, e não ficarão fartos; eles se entregaram à devassidão, e não cuidaram de se retirar dela; porque eles deixaram o Senhor, não guardando a sua lei.

11 A fornicação, e o vinho, e a embriaguez lhes fazem perder o sentido.

12 O meu povo consultou um pedaço de pau, e o seu bordão lhe predisse as coisas; porque o espírito da fornicação os enganou, e eles se prostituíram deixando ao seu Deus.

13 Eles sacrificavam sobre os cumes dos montes, e queimavam os perfumes sobre os outeiros; como também debaixo dos carvalhos, e debaixo dos choupos, e debaixo dos terebintos, porque lhes era agradável a sua sombra; por isso vossas filhas se darão à fornicação, e vossas esposas serão adúlteras.

14 Eu não irei com a minha visita sobre as vossas filhas, quando se prostituírem, nem sobre as vossas esposas, quando adulterarem, porque eles tinham trato com as meretrizes, e sacrificavam com os afeminados, e o povo sem entendimento será castigado.

15 Se tu, ó Israel, te entregas à prostituição, ao menos não peque Judá; e não vades a Galgada, e não subais a Bethaven, nem jureis dizendo: Vive o Senhor.

16 Porque Israel se desencaminhou, como uma vaca que não pode sofrer o jugo; agora os apascentará o Senhor, como a um cordeiro numa dilatada campina.

17 Efraim participante dos ídolos, larga-o.

18 Os seus banquetes são separados dos vossos, eles se engolfaram na fornicação; os que o deviam proteger; foram os que se deram por bem pagos em o cobrir de ignomínia.

19 O vento o levou atado sobre as suas asas, e eles serão confundidos pelos seus sacrifícios.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir