Bíblia do CaminhoAntigo Testamento

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Malaquias   Ee

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 2

(Versículos e sumário)

2 E agora, esta é, ó sacerdotes, a ordem que se vos intima.

2 Se vós me não quiserdes ouvir, e se não quiserdes aplicar o vosso coração a dar glória ao meu nome, diz o Senhor dos exércitos, eu vos mandarei a indigência, e amaldiçoarei as vossas bênçãos; e eu as amaldiçoarei, porque vós não pusestes as minhas palavras sobre o vosso coração.

3 eis aqui estou eu que vos arrojarei com a espádua, e atirar-vos-ei à cara com o esterco das vossas solenidades, e ele se pegará a vós.

4 Então sabereis que eu era o que tinha mandado que se vos dissessem estas palavras, para que o pacto que eu tinha feito com Levi ficasse firme, diz o Senhor dos exércitos.

5 O meu pacto com ele foi de vida e de paz, e eu lhe dei o meu temor, e ele me temeu, e tremia de medo diante da face do meu nome.

6 A lei da verdade esteve na sua boca, e a iniquidade não se achou nos seus lábios; ele andou comigo em paz, e em equidade, e apartou da iniquidade a muitos.

7 Porque os lábios dos sacerdotes serão os guardas da ciência, e da sua boca é que os mais buscarão a inteligência da lei; porque ele é o anjo do Senhor dos exércitos.

8 Mas vós vos desviastes do caminho, e escandalizastes a muitos na lei, vós fizestes nulo o pacto que eu tinha feito com Levi, diz o Senhor dos exércitos.

9 Por isso como vós não guardastes os meus caminhos, e quando se tratava de sentenciar segundo a minha lei, fizestes acepção de pessoas, também eu vos tornei desprezíveis, e vis aos olhos de todos os povos.

10 Porventura não é um mesmo o pai de todos nós? Acaso não foi um mesmo Deus o que nos criou? Por que razão logo despreza cada um de nós a seu irmão, violando o pacto de nossos pais?

11 Judá transgrediu a lei, e a abominação se cometeu em Israel, e em Jerusalém: porque Judá contaminou a santificação do Senhor, a qual ele amou, e se casou com uma filha de um deus estranho.

12 O Senhor exterminará das tendas de Jacob ao homem que isto fizer, ou seja mestre, ou discípulo, e ao que oferece qualquer dom ao Senhor dos exércitos.

13 Ainda fizestes mais isto: Vós cobríeis de lágrimas, de choro, e de gemido o altar do Senhor, em tanto grau que eu não olharei mais para os vossos sacrifícios, nem receberei da vossa mão coisa que me possa aplacar.

14 E dissestes: Por que causa? Porque o Senhor deu testemunho entre ti e a mulher da tua puberdade, a qual tu desprezastes: sendo que esta era a tua companheira, e a mulher da tua aliança.

15 Acaso não a fez o que é um, e não é ela uma como partícula do seu assopro com que ficou animada? E que pede este único autor, senão que saia de vós uma linhagem de Deus? Guardai pois o vosso espírito, e não desprezeis a mulher que recebestes na vossa mocidade.

16 Quando tu lhe vieres a cobrar aversão, despede-a, diz o Senhor Deus de Israel, mas a iniquidade de quem tal fizer, lhe cobrirá o seu vestido, diz o Senhor dos exércitos; guardai o vosso espírito, e não as desprezeis.

17 Vós causastes moléstias ao Senhor com os vossos discursos, e dissestes: Em que lhe temos nós causado moléstia? Nisso que dizeis: Todo o que faz o mal, passa por bom aos olhos do Senhor, e estes tais lhe são agradáveis; ou se assim não é, onde está logo esse Deus de justiça?



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir