Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Josué  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 7

(Versículos e sumário)

7 Mas os filhos de Israel violaram o mandamento, e tomaram para si do anátema. Porque Acan, filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zare, da tribo de Judá, tirou alguma coisa do anátema; e o Senhor se irou contra os filhos de Israel.

2 E enviando Josué de Jericó homens contra Hai, que é ao pé de Bethaven, ao nascente da cidade de Bethel, lhes disse: Subi e reconhecei a terra. Eles cumprindo com as ordens reconheceram Hai.

3 E voltando lhe disseram: Não suba todo o povo, mas vão só dois ou três mil homens, e destruam a cidade; porque se há de fatigar debalde todo o povo contra tão poucos inimigos?

4 Subiram pois três mil combatentes. Os quais voltando logo as costas,

5 Foram acutilados pelos da cidade de Hai, e caíram mortos trinta e seis homens; e os inimigos os foram perseguindo desde a porta até Sabarim, e morreram fugindo pela encosta abaixo; e o coração do povo tomou medo, e se derreteu como água.

6 Josué, porém, rasgou os seus vestidos, e se lançou com o rosto em terra diante da arca do Senhor, tanto ele como todos os anciãos de Israel até à tarde; e puseram cinza sobre as suas cabeças,

7 E Josué disse: Ah, Senhor Deus, por que quiseste tu que este povo passasse o rio Jordão, para nos entregares nas mãos dos Amorreus, e para nos perderes? Oxalá que nós tivéssemos ficado da outra banda do Jordão, como tínhamos começado.

8 Que direi eu, Senhor Deus meu, vendo que Israel dá costas aos seus inimigos?

9 Os Cananeus, e todos os habitantes da terra o ouvirão, e unindo-se todos nos cercarão, e apagarão a nossa memória da terra. E que farás tu ao teu grande nome?

10 E o Senhor disse a Josué: Levanta-te; por que jazes tu prostrado em terra?

11 Israel pecou, e violou o meu pacto; pois eles tomaram do anátema, e furtaram e mentiram, e esconderam-no entre os seus móveis.

12 Israel não poderá ter-se diante dos seus inimigos, antes fugirá deles; porque se manchou com o anátema; eu não serei mais convosco, enquanto não consumirdes aquele, que está réu desta maldade.

13 Levanta-te, santifica o povo, e dize-lhe: Estai santificados para amanhã; porque eis aqui o que diz o Senhor Deus de Israel: O anátema está no meio de ti, ó Israel; tu não poderás estar diante de teus inimigos, até não ser exterminado do meio de ti o que se acha manchado deste crime.

14 E amanhã apresentar-vos-eis cada um nas vossas tribos; e a tribo sobre que cair a sorte, se apresentará pelas suas famílias, e cada família pelas suas casas, e cada casa pelas suas pessoas.

15 E qualquer que se achar culpado nesta maldade, será queimado com todas as suas coisas; porque violou o pacto do Senhor, e cometeu uma coisa detestável em Israel.

16 Josué pois levantando-se pela manhã, fez ajuntar a Israel pelas suas tribos, e caiu a sorte sobre a tribo de Judá.

17 E apresentada esta pelas suas famílias, caiu a sorte sobre a família de Zare. E apresentando também a esta pelas suas casas, caiu sobre Zabdi;

18 E tomando os varões desta casa um a um, caiu sobre Acan, filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zare, da tribo de Judá.

19 E Josué disse a Acan: ó meu filho, dá glória ao Senhor Deus de Israel, e confessa-me, e declara-me o que fizeste, não o ocultes.

20 E respondeu Acan a Josué, e disse-lhe: Na verdade eu pequei contra o Senhor Deus de Israel, e fiz assim e assim;

21 Porque tendo visto entre os despojos uma capa de escarlata muito boa, e duzentos siclos de prata, e uma régua de ouro de cinquenta siclos; e cobiçando tirei estas coisas, e as escondi na terra no meio da minha tenda, e cobri o dinheiro numa cova com terra.

22 Mandou pois Josué ministros; que, correndo à tenda de Acan, acharam tudo escondido no mesmo lugar, e o dinheiro juntamente.

23 E tirando-o da tenda o levaram a Josué, e a todos os filhos de Israel, e o lançaram fora diante do Senhor.

24 Então Josué (e todo o Israel com ele) pegando em Acan, filho de Zare, e na prata, e na capa, e na régua de ouro, e em seus filhos e filhas, nos seus bois e jumentos, e ovelhas, e na mesma tenda, e em tudo quanto tinha, os levaram ao vale d’Acór;

25 Onde Josué lhe disse: Pois que tu nos turbaste, o Senhor te turbe neste dia. E todo o Israel apedrejou a Acan; e tudo o que lhe pertencia foi consumido no fogo.

26 E juntaram sobre ele um grande montão de pedras, o qual permanece até o presente dia. E com isto se apartou deles o furor do Senhor. E até hoje se chama aquele lugar o vale d’Acór.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir