Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Isaías  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 41

(Versículos e sumário)

41 Calem-se diante de mim as ilhas, e tomem as gentes novas forças; cheguem-se e então falem, vamos juntos a juízo.

2 Quem suscitou do oriente o justo, e o chamou para que o seguisse? Ele humilhará as nações na sua presença, e o fará superior aos reis; entregá-los-á à sua espada como pó, ao seu arco bem como palha arrebatada do vento.

3 Ele os perseguirá, passará em paz, não aparecerá rasto em seus pés.

4 Quem obrou, e fez estas coisas, chamando as gerações desde o princípio? Eu que sou o Senhor, eu que sou o primeiro e o último.

5 As ilhas viram, e temeram, as extremidades da terra pasmaram, elas se aproximaram e se chegaram.

6 Cada um auxiliará o seu próximo, e dirá a seu irmão: Esforça-te.

7 O oficial latoeiro batendo com o martelo esforçou ao que batia ao mesmo tempo na bigorna, dizendo: Isto é bom para a soldadura. E segurou-o com pregos, para que não abalasse.

8 Porém, tu Israel, servo meu, tu, Jacob, a quem eu escolhi, tu linhagem de Abraão, meu amigo;

9 Na pessoa do qual eu te tomei das extremidades da terra, e dos seus países remotos te chamei, e te disse: Tu és meu servo, eu te escolhi, e não te rejeitei.

10 Não temas porque eu sou contigo. Não te desencaminhes, porque eu sou o teu Deus. Eu te confortei, e auxiliei e a destra do meu ,justo te tomou.

11 Eis-aí serão confundidos, e ficarão cobertos de pejo todos aqueles que pelejam contra ti; serão como se não fossem, e perecerão os homens que te contradizem.

12 Tu buscarás esses homens, que se levantam contra ti; e não os acharás. Eles serão como se não fossem, e reduzir-se-ão a uma como aniquilação os homens que fazem guerra contra ti.

13 Porque eu sou o Senhor teu Deus, que te tomo pela mão, e te digo: Não temas, eu sou o que te tenho ajudado.

14 Não temas, ó bichinho de Jacob, nem vós os que sois mortos de Israel. Eu te tenho auxiliado, diz o Senhor; e o teu redentor é o santo de Israel.

15 Eu te pus como carro novo que trilha, armado de dentes de ferro, que cortam à maneira de serra; tu virás a trilhar os montes, e os farás em migalhas; e reduzirás como a pó os outeiros.

16 Tu os sacudirás ao ar, e levá-los-á o vento, e o torvelinho os espalhará; e tu exultarás no Senhor, alegrar-te-ás no Santo de Israel.

17 Os necessitados e os pobres buscam água, e não a há; a língua deles secou-se de sede. Eu, o Senhor, os atenderei, eu, o Deus de Israel, não os desampararei.

18 Eu farei sair rios nos empinados outeiros, e rebentar fontes no meio dos campos. Reduzirei os desertos a tanques de águas, e a terra sem caminhos a arroios de águas.

19 Farei nascer na solidão o cedro, e o espinheiro, e a murta, e a árvore da azeitona. Porei no deserto juntamente a faia, o olmeiro, e o buxo;

20 Para que vejam, e saibam, e considerem, entendam igualmente que a mão do Senhor fez esta maravilha, e o santo de Israel é o autor dela.

21 Chegai-vos a defender a vossa causa, diz o Senhor; alegai as vossas razões, se acaso é que tendes alguma, diz o rei de Jacob.

22 Venham, e anunciem-nos todas as coisas que estão para vir; relatai as antigas que já passaram, e pôr-nos-emos a escutá-las de todo o nosso coração, e viremos a saber os últimos fins delas, e mostrai-nos as que hão de vir.

23 Anunciai as coisas que têm de vir para o futuro e ficaremos sabendo que vós sois deuses; também fazei bem ou mal, se podeis; e falemos, e vejamo-lo ao mesmo tempo.

24 Eis-aí está, que vós vindes do nada, e a vossa obra daquilo que não é; a abominação é quem vos escolheu.

25 Eu o suscitei do Aquilão, e ele virá de onde nasce o sol; ele invocará o meu nome, e tratará aos magistrados como lodo, e como oleiro que pisa o barro calcando o chão.

26 Quem anunciou isto desde o princípio para que nós o saibamos; e desde o princípio para que digamos: Tu és justo? Não há nem quem anuncie, nem quem prediga, nem quem ouça os vossos discursos.

27 Ele será o primeiro que diga a Sião: Ei-los aqui, e eu darei a Jerusalém um evangelista.

28 E olhei, e não havia ali destes nenhum que entrasse em conselho, e que perguntando respondesse palavra.

29 eis aqui como todos eles são injustos, e vãs as suas obras; vento e vaidade os seus simulacros.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir