Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Ezequiel  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 46

(Versículos e sumário)

46 Isto diz o Senhor Deus: A porta do átrio interior, que olha para o oriente, estará fechada os seis dias, que são de trabalho; mas ela se abrirá no dia de sábado, e também se abrirá no primeiro dia de cada mês.

2 E o príncipe entrará pelo caminho do vestíbulo da porta por fora, e parará no limiar da porta; e os sacerdotes oferecerão por ele o holocausto, e o sacrifício de paz; e ele adorará sobre o limiar desta porta, e depois sairá; e a porta não se fechará até à tarde.

3 E o povo da terra fará a sua adoração à entrada daquela porta nos dias de sábado, e nos primeiros dias de cada mês, diante do Senhor.

4 O príncipe porém oferecerá ao Senhor este holocausto, a saber: No dia de sábado seis cordeiros sem mancha,e um carneiro também sem mancha.

5 E a oblação de um efi de farinha por um carneiro, e o que a sua mão oferecer em sacrifício pelos cordeiros; e um hin de azeite por cada efi.

6 E no primeiro de cada mês um novilho da manada sem mancha; e seis cordeiros, e seis carneiros serão sem mancha.

7 E ele oferecerá em sacrifício um efi de farinha por cada novilho, também outro efi por cada carneiro; e dará por cada cordeiro o que a sua mão puder achar; e um hin de azeite por cada efi.

8 E quando o príncipe houver de entrar, entre pelo caminho do vestíbulo da porta oriental, e saia pelo mesmo caminho.

9 E quando o povo da terra entrar para se pôr na presença do Senhor nos dias solenes; aquele que entra pela porta do Aquilão para adorar, saia pelo caminho da porta do meio-dia; e aquele que entra pelo caminho da porta do Meio-dia, saia pelo caminho da porta do Aquilão; ele não voltará pelo caminho da porta por que entrou, mas sairá pela outra que lhe é oposta.

10 O príncipe porém estando no meio deles todos, entrará com os que entram e sairá com os que saem.

11 E nos dias de feira, e nas solenidades, oferecer-se-á em sacrifício um efi de farinha por um novilho, e um efi de farinha por um carneiro; pelos cordeiros porém oferecerá cada um o que achar à sua mão; e ajuntará um hin de azeite a cada efi.

12 Ora quando o príncipe oferecer espontaneamente ao Senhor um holocausto, ou alguns sacrifícios pacíficos de sua própria vontade; abrir-se-lhe-á a porta que olha para o oriente, e ele oferecerá o seu holocausto, e as suas vítimas pacíficas, como se costuma fazer no dia de sábado. E sairá e se fechará a porta depois que sair.

13 E ele oferecerá todos os dias em holocausto ao Senhor um cordeiro do mesmo ano, que não tenha mancha; oferecê-lo-á sempre de manhã.

14 E oferecerá todas as manhãs em sacrifício por este cordeiro a sexta parte de um efi de farinha, e a terça parte de um hin de azeite, para se misturar com a farinha; este é o sacrifício que ele está obrigado, segundo a lei, a oferecer ao Senhor, que deve ser perpétuo, e de cada dia.

15 Ele pois imolará o cordeiro, e oferecerá o sacrifício, e o azeite todas as manhãs. Este holocausto será eterno.

16 Isto diz o Senhor Deus: Se o príncipe fizer qualquer doação a algum de seus filhos; a herança deste será de seus filhos; eles a possuirão hereditariamente.

17 Porém se ele fizer um legado da sua própria fazenda a um dos seus servos, ele lhe pertencerá até o ano do jubileu, e então ele tornará para o príncipe; e a sua herança pertencerá a seus filhos.

18 E o príncipe não tomará nada por violência da herança do povo, nem dos seus bens; mas dará da sua própria fazenda uma herança a seus filhos; para que o meu povo não seja esbulhado do que cada um legitimamente possui.

19 Ora o homem me fez passar por uma entrada, que estava ao lado da porta, às câmaras do santuário, onde moravam os sacerdotes, as quais olhavam para o Aquilão; e ali havia um lugar particular, que vergava para o ocidente.

20 Então me disse ele: Este é o lugar em que os sacerdotes cozerão as vítimas pelo pecado, e pelo delito; onde cozerão as oblações do sacrifício, a fim de que eles as não levem ao átrio exterior, e se santifique o povo.

21 E me tirou ao átrio exterior, e me levou à roda pelos quatro cantos do átrio; e eis que em cada um dos quatro cantos deste átrio havia um pequeno terreiro.

22 Estes pequenos terreiros assim dispostos pelos quatro cantos do átrio, tinham quarenta côvados de comprido, e trinta de largo; todos os quatro eram de uma mesma medida.

23 E uma parede ao redor incluía estes quatro pequenos terreiros; e viam-se também as cozinhas edificadas por baixo dos pórticos à roda.

24 E ele me disse: Esta é a casa das cozinhas, na qual os ministros da casa do Senhor cozerão as vítimas destinadas para o povo.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir