Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Ezequiel    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 23

(Versículos e sumário)

23 E foi-me dirigida a palavra do Senhor, a qual dizia:

2 Filho do homem, houve duas mulheres, filhas de uma mesma mãe,

3 As quais se deram à impureza no Egito, prostituíram-se na sua mocidade; lá é que seus peitos foram sovados, e que as mamas da sua puberdade ficaram desfloradas.

4 Ora os nomes delas eram estes; a mais velha se chamava Oolla, e a sua irmã mais moça Oóliba; e eu as tive, elas me pariram filhos e filhas. No tocante a seus nomes, Samaria é Oolla, e Jerusalém é Oóliba.

5 Oolla pois se levantou contra mim pela sua fornicação, e loucamente se apaixonou pelos seus amantes, pelos assírios seus vizinhos,

6 Vestidos de jacinto, príncipes e magistrados, mancebos de apetite, todos cavaleiros, montados a cavalo.

7 Ela se entregou ria sua fornicação a estes homens escolhidos, filhos todos dos assírios; e se manchou pelas suas infâmias com todos aqueles, de quem loucamente estava namorada.

8 Além disto não deixou ainda as suas prostituições, que exercitara no Egito; pois eles dormiram também com ela na sua adolescência, eles igualmente desfloraram os peitos da sua puberdade, e sobre ela derramaram a sua impureza.

9 Por isso eu a entreguei nas mãos dos seus amantes, nas mãos dos filhos de Assur, de cuja paixão ela ficou loucamente possuída.

10 Eles descobriram a sua ignomínia, levaram seus filhos, e suas filhas, e mataram-na a ela mesma com a espada; e se fizeram mulheres famosas, e nela exerceram os juízos.

11 O que tendo visto a sua irmã Oóliba, enlouqueceu de paixão mais do que ela; e aumentando a sua fornicação sobre a fornicação de sua irmã,

12 Descaradamente se prostituiu aos filhos dos Assírios, aos capitães e magistrados, que concorriam a ela trajados com vestidos de várias cores, aos cavaleiros que vinham montados nos seus cavalos, e a todos os mancebos de lindo parecer.

13 E vi que, sendo o mesmo, o caminho de ambas, estava manchado.

14 Mas Oóliba aumentou a sua fornicação; porque tendo visto uns homens pintados na parede, umas imagens dos Caldeus delineadas com cores,

15 E os seus rins cingidos de talabartes, e tiaras de várias cores em suas cabeças, parecendo todos oficiais de guerra, dando ares de filhos de Babilônia e do país dos Caldeus, onde eles tinham nascido,

16 Pela concupiscência dos seus olhos concebeu por eles uma paixão louca, e lhes mandou embaixadores à Caldeia.

17 E tendo vindo a ela os filhos de Babilônia, para entrarem no camarim das suas prostituições, a mancharam com os seus estupros, e ela foi por eles corrompida, e a sua alma ficou farta deles.

18 Ela lhes patenteou as suas fornicações, e lhes descobriu a sua ignomínia; e a minha alma se retirou dela, assim como se tinha retirado a minha alma de sua irmã.

19 Porque ela multiplicou as suas fornicações, lembrando-se dos dias da sua mocidade, durante os quais se tinha prostituído na terra do Egito.

20 E loucamente se apaixonou com o libidinoso apetite de dormir com aqueles, cujas carnes são como as carnes dos jumentos; e a sua destilação como a destilação dos cavalos.

21 E tu renovaste as maldades da tua mocidade, quando no Egito foram os teus peitos sovados, e ficaram desfloradas as mamas da tua puberdade.

22 Por isso, ó Oóliba, isto diz o Senhor Deus: Eis-aí vou eu a suscitar contra ti todos os teus amantes, de que a tua alma se fartou; e eu os congregarei contra ti de todas as partes ao redor.

23 Os filhos de Babilônia, e todos os Caldeus, nobres, e soberanos, e príncipes, todos os filhos dos Assírios, os mancebos de lindo parecer, todos os capitães, e magistrados, os príncipes dos príncipes, e os ginetes de grande nomeada.

24 E virão sobre ti petrechados de carros, e de rodas, encerrando todos uma multidão de povos; eles se armarão de todas as partes contra ti, de couraças, e de escudos, e de capacetes; e lhes darei o poder de te julgar, e eles te julgarão segundo as suas leis.

25 E desafogarei contra ti o meu zelo, que eles exercerão em ti com furor; cortar-te-ão cerce o teu nariz, e as tuas orelhas; e o que restar, o retalharão à espada. Eles mesmos cativarão os teus filhos, e as tuas filhas, e o que por último de ti ficar, será devorado pelo fogo.

26 E eles te despojarão dos teus vestidos, e te levarão os adornos da tua vaidade.

27 E farei cessar as tuas maldades em ti, e as fornicações, que tu tinhas aprendido na terra do Egito; tu não levantarás os olhos para eles, nem te lembrarás mais do Egito.

28 Porque isto diz o Senhor Deus: Eis-aí vou eu a entregar-te nas mãos daqueles que tu aborreces, nas mãos daqueles de que a tua alma ficou farta.

29 E eles te tratarão com ódio, e te levarão todos os teus trabalhos, e te deixarão nua, e cheia de ignomínia das tuas fornicações, os teus desaforos, e as tuas infâmias.

30 Eles te trataram assim, porque tu te prostituíste às nações, entre as quais te manchaste pelo culto dos seus ídolos.

31 Tu andaste pelo mesmo caminho de tua irmã, e eu te meterei na mão o cálice que ela bebeu.

32 Isto diz o Senhor Deus: Tu beberás o fundo e largo cálice de tua irmã; serás o objeto dos insultos, e das irrisões, bebendo por esse cálice de uma vastíssima capacidade.

33 Tu serás cheia de embriaguez, e de dor; com este cálice de aflição e de tristeza, com este cálice de tua irmã Samaria.

34 E tu o beberás, e o esgotarás até às fezes, e lhe devorarás os mesmos pedaços, e te rasgarás os próprios peitos; porque eu sou o que falei, diz o Senhor Deus.

35 Por cuja causa isto diz o Senhor Deus: Pois que tu te esqueceste de mim, e me lançaste para trás do teu corpo, carrega tu também com a tua maldade, e com as tuas fornicações.

36 E o Senhor me falou, dizendo: Filho do homem, não julgarás tu a Oolla, e a Oóliba; e não lhes declararás tu as suas maldades?

37 Porque adulteraram, e se acha sangue nas suas mãos, e se prostituíram aos ídolos; além disto elas lhes ofereceram, para serem devorados, até os seus filhos, que para mim geraram.

38 E ainda isto me fizeram; mancharam o meu santuário naquele dia, e profanaram os meus sábados.

39 E quando sacrificavam seus filhos aos seus ídolos, e entravam no meu santuário nesse dia para o profanarem; elas ainda me fizeram esta injúria no meio da minha casa.

40 Fizeram buscar homens, que vinham de longe, a quem tinham mandado embaixadores; eis que enfim chegaram; para receber os quais te lavaste, e untaste à roda os teus olhos com antimônio, e te adornaste com as tuas galas.

41 Tu te assentaste num leito especiosíssimo, e diante de ti se preparou uma mesa magnificamente ornada; tu puseste em cima dela o meu incenso, e o meu perfume.

42 E à roda dela se ouvia a voz de muita gente que folgava e quanto àqueles varões, que dentre a multidão dos homens eram conduzidos, e vinham do deserto, puseram elas nas mãos deles as suas manilhas, e formosas coroas nas suas cabeças.

43 Então disse eu àquela que estava cansada e gastada de adulterar: Agora mesmo continuará esta prostituta em se dar às suas impurezas.

44 E eles entraram em sua casa, como em casa de uma mulher pública. Assim é que eles entravam em casa destas perdidas mulheres, Oolla, e Oóliba.

45 Estes homens pois são uns justos; eles as julgarão como se julgam as adúlteras, e como se julgam as que derramam o sangue; porque elas com efeito são umas adúlteras, e nas suas mãos se acha sangue.

46 Porque isto diz o Senhor Deus: Faze vir contra estas duas prostitutas uma multidão de homens, e entrega-as ao tumulto, e ao saque da guerra.

47 E elas sejam apedrejadas com as pedras dos povos, e traspassadas com as suas espadas; estes lhes matarão os seus filhos, e filhas, e porão fogo às suas casas.

48 Assim é que eu abolirei de cima da terra os desaforos, e todas as mulheres aprenderão a não imitar a maldade destas.

49 Porque os vossos inimigos farão recair sobre vós os vossos crimes, e vós carregareis com os pecados dos vossos ídolos; e sabereis que eu sou o Senhor Deus.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir