Bible of the WayBíblia do Caminho  † Antigo Testamento ©

Índice Página inicial Próximo Índice

Êxodo (Veelle Samoth)   Ee 

 

Índice

(Ex 1 — 11) Escravidão dos filhos D’Israel no Egito | Capítulo 1 | Conta dos Israelitas que vieram para o Egito | Novo rei do Egito, que vexa os Israelitas | Parteiras do Egito galardoadas por Deus, por terem salvado os meninos dos Hebreus | Capítulo 2 | Nascimento e educação de Moisés | Serviços que faz a seus irmãos | Sua fugida para Madian | Seu casamento com Séfora | Clamor dos israelitas ao Senhor  | Capítulo 3 | Aparece Deus a Moisés | Envia-o ao Egito para tirar de lá os Hebreus | Declara-lhe qual é o nome, debaixo do qual ele quer ser conhecido | Capítulo 4 | Prodígios que Deus faz a favor de Moisés | Torna Moisés para o Egito | Circuncisão de seu filho | Arão se lhe ajunta | Capítulo 5 | Moisés e Arão se apresentam diante de Faraó | Este oprime com novos trabalhos os israelitas | Queixas dos israelitas contra Moisés e Arão | Capítulo 6 | Torna Deus a animar a Moisés, e consola os israelitas | Descendência de Levi | Capítulo 7 | A vara de Arão convertida em cobra | Obduração de Faraó | Primeira praga; as águas convertidas em sangue  | Capítulo 8 | Segunda praga, a das rãs | Terceira, a dos mosquitos | Quarta, a das moscas | Vãs promessas de Faraó | Capítulo 9 | Quinta praga, a peste sobre os animais | Sexta, as úlceras | Sétima, a chuva de pedra | Capítulo 10 | Oitava praga, os gafanhotos; nona, as trevas | Capítulo 11 | Predição da décima e última praga — (Ex 12 — 18) A libertação D’Israel | Capítulo 12 | Cerimônia da primeira Páscoa | Décima praga, a morte dos primogênitos dos Egípcios | Saída dos Israelitas fora do Egito | Preceitos acerca da Páscoa | Capítulo 13 | Leis para a consagração dos primogênitos e para a observação da Páscoa | Caminho por onde Deus conduziu os Israelitas | Colunas de nuvem e de fogo | Capítulo 14 | Vai Faraó após os Israelitas | As águas do Mar Vermelho se abrem para dar passagem aos Hebreus | Os Egípcios ficam sepultados debaixo das mesmas águas | Capítulo 15 | Cântico de ação de graças depois da passagem do mar Vermelho. | Acampamento em Mara, onde Moisés torna doces as águas amargosas | Capítulo 16 | Murmuração dos Hebreus | Deus lhes manda codornizes, e faz chover o maná | Instruções como o maná se deve apanhar  | Capítulo 17 | Murmurações dos Israelitas em Rafidim | Faz Deus sair água d’um rochedo | Destroço dos Amalecitas   | Capítulo 18 | Jethro, sogro de Moisés, vem ao campo dos Israelitas | Conselhos, que deu a Moisés —  (Ex 19 — 31) Concerto no Monte Sinai | Capítulo 19 | Chegam os Israelitas perto do Sinai | Moisés sobe a este monte | Torna, e manda ao povo, que se prepare para ouvir as ordens do Senhor | Mostra Deus a sua glória no monte  | Capítulo 20 | O Senhor anuncia ao povo os dez mandamentos | Temor que teve o povo | Moisés o assegura | Ordens de Deus sobre a construção de um altar  | Capítulo 21 | Ordenações acerca dos escravos | Leis contra os homicidas e outros criminosos | Pena de talião  | Capítulo 22 | Leis sobre o furto, fornicação, usura, dízimos e primícias | Capítulo 23 | Leis aos juízes | Do descanso do ano sétimo | Da celebração das três festas principais do ano | Deus promete aos Israelitas, que mandará o seu anjo adiante deles | Capítulo 24 | Obrigam-se os Israelitas a guardar a aliança ajustada com o Senhor | Moisés torna a subir ao monte e nele fica quarenta dias | Capítulo 25 | Ordenações do Senhor acerca da construção da arca, da mesa dos pães da proposição e do candeeiro de ouro | Capítulo 26 | Ordenações do Senhor acerca da construção do tabernáculo e de todas as suas partes | Capítulo 27 | Ordenações acerca do altar dos holocaustos, do tabernáculo, dos vasos sagrados, do azeite e das alâmpadas | Capítulo 28 | Ordenações acerca dos hábitos pontificais e sacerdotais do Arão e seus filhos | Capítulo 29 | Ordenações acerca do modo, como se hão de sagrar os sacerdotes | Parte que eles devem ter nas vítimas | Sacrifício perpétuo de dois cordeiros cada dia  | Capítulo 30 | Ordenações acerca do altar dos perfumes | Meio siclo que se deve pagar por cabeça | Bacia de bronze | Óleo santo | Caçoila de cheiros   | Capítulo 31 | Beseleel e Ooliab destinados por Deus para trabalhar no tabernáculo | Leis tocantes ao sábado | As duas tábuas da lei dadas a Moisés — (Ex 32 — 40) O Concerto é rompido e depois renovado | Capítulo 32 | O povo adora o bezerro de ouro | Moisés quebra as tábuas da lei | Castigo dos Israelitas | Moisés ora por eles  | Capítulo 33 | O povo humilha-se e chora o seu pecado | Moisés fala com Deus face a face | Pede-lhe que lhe mostre o seu rosto  | Capítulo 34 | Sobe Moisés ao Monte | Deus lhe mostra a sua glória, e renova as principais condições da aliança que ele tinha feito com o seu povo | Moisés desce, trazendo a cabeça cercada de raios  | Capítulo 35 | Declara Moisés ao povo as ordenações do Senhor | O povo traz as suas ofertas | Beseleel e Ooliab são nomeados para trabalharem no tabernáculo  | Capítulo 36 | Moisés faz trabalhar nas obras que o Senhor lhe tinha ordenado | Construção do tabernáculo | Capítulo 37 | Beseleel trabalha em fazer a arca, a mesa da proposição, o candeeiro, o altar dos perfumes e os mesmos perfumes | Capítulo 38 | Construção do altar dos holocaustos, da bacia de metal e do átrio | Importância do ouro, prata e bronze que se empregaram na fábrica do tabernáculo | Capítulo 39 | Beseleel trabalha em fazer as vestes pontificais | Rol das obras que se fizeram para o culto divino  | Capítulo 40 | Ereção do tabernáculo | Cobre-o uma nuvem, que representa a majestade de Deus