Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Deuteronômio    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 7

(Versículos e sumário)

7 Quando o Senhor teu Deus te tiver introduzido na terra, que vais a possuir, e tiver exterminado à tua vista muitas nações, os Hetheus, os Gergeseus, os Amorreus, os Cananeus, os Fereseus, os Heveus, o os Jebuseus, que são sete povos muito mais numerosos do que tu és, e muito mais fortes do que tu;

2 E o Senhor teu Deus tas tiver entregado, tu as passarás a cutelo sem que fique nem um só: Não celebrarás concerto algum com elas, nem as tratarás com compaixão,

3 Nem contrairás com elas matrimônios, não darás tua filha a seu filho, nem tomarás sua filha para teu filho;

4 Porque ela seduzirá a teu filho, para que me não siga, e sirva antes a deuses alheios; e o furor do Senhor se acenderá, e te destruirá logo.

5 Mas antes ao contrário vós vos havereis assim com eles: Deitai abaixo os seus altares; e quebrai as suas estátuas, e cortai os seus bosques, e queimai as suas esculturas.

6 Porque tu és um povo consagrado ao Senhor teu Deus. O Senhor teu Deus te escolheu, para seres o seu povo próprio, dentre todos os povos que há no terra.

7 Não porque vós vencêsseis em número todas as nações, se uniu o Senhor a vós, e vos escolheu, sendo vós menos em número, do que todos os outros povos;

8 Mas foi porque o Senhor vos amou, e guardou o juramento, que tinha feito a vossos pais; e vos tirou com uma mão poderosa, e vos resgatou da casa da servidão, do poder de Faraó rei do Egito.

9 Saberás pois, que o Senhor teu Deus é o Deus forte e fiel, que guarda o seu pacto e a sua misericórdia aos que o amam, e aos que cumprem os seus preceitos até mil gerações;

10 E que castiga prontamente os que o aborrecem, de sorte que não deixa para mais tarde perde-los de todo, nem o dar-lhes logo a paga merecida.

11 Guarda pois os preceitos e cerimônias e ordenações, que eu hoje te mando observar.

12 Se depois de teres ouvido estas ordenações, as guardares e as praticares, também o Senhor teu Deus guardará a teu respeito o seu pacto, e a misericórdia que ele prometeu com juramento a teus pais;

13 E te amará e te multiplicará, e abençoará o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, o teu trigo, e vindima, o teu azeite, e os teus bois, os teus rebanhos de ovelhas na terra, que ele prometeu com juramento a teus pais que te daria.

14 Tu serás bendito entre todos os povos, não haverá em ti estéril nem de um nem de outro sexo, nem nos homens nem nos teus rebanhos.

15 O Senhor alongará de ti todas as doenças; nem te ferirá com as maligníssimas pragas do Egito, que tu viste, mas ferirá com elas todos os teus inimigos.

16 Devorarás todos os povos, que o Senhor teu Deus está para te entregar, não te deixarás tocar de compaixão para lhes perdoares, nem servirás aos seus deuses, para que não venham a ser causa da tua ruína.

17 Se disseres no teu coração: Estas nações são mais numerosas do que eu, como poderei eu extingui-las?

18 Não temas, mas lembra-te de como o Senhor teu Deus tratou a Faraó, e a todos os Egípcios;

19 Daquelas formidáveis pragas, que os teus olhos viram, e daqueles milagres, e daqueles prodígios, e daquela mão poderosa, e daquele braço estendido, com que o Senhor teu Deus te tirou para fora; o mesmo fará ele a todos os povos que temes.

20 Além disto mandará o Senhor teu Deus vespas contra eles, até destruir, e acabar com todos os que te tiverem escapado, ou se poderem ter escondido de ti.

21 Não os temerás, porque o Senhor teu Deus está no meio de ti, aquele Deus grande e terrível;

22 Ele mesmo consumirá estas nações à tua vista pouco a pouco e por partes. Tu não as poderás destruir todas a um tempo; por não suceder que se multipliquem contra ti as feras da terra.

23 Mas o Senhor teu Deus os porá diante de ti, e os fará morrer até que de todo acabem.

24 Entregar-te-á nas tuas mãos os seus reis, e fará que não fique memória de seus nomes debaixo do céu; ninguém te poderá resistir, até que os tenhas feito em pó.

25 Queimarás no fogo as suas esculturas; não cobiçarás a prata nem o ouro de que são feitas, nem destas tomarás nada para ti, para que não tropeces, visto serem estas cousas a abominação do Senhor teu Deus.

26 Nem em tua casa meterás cousa alguma que seja de ídolo, por não vires a ser anátema, como ele o é também. Detestá-lo-ás como uma imundícia, e abominá-lo-ás como as coisas mais hediondas e sórdidas, porque é um anátema.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir