Bíblia do Caminho Antigo Testamento

2º Livro dos Reis    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 17

(Versículos e sumário)

17 No ano duodécimo de Accáz, rei de Judá, reinou em Samaria sobre Israel Osée, filho de Ela, nove anos.

2 E obrou o mal diante do Senhor; mas não como os reis de Israel, que o tinham precedido.

3 Contra ele marchou Salmanasar, rei dos Assírios, e Osée ficou sendo servo dele, e lhe pagava tributos.

4 Mas tendo o rei dos Assírios, descoberto a Osée, meditando rebelar-se, tinha mandado mensageiros a Sua, rei do Egito, para não pagar os tributos ao rei dos Assírios como todos os anos costumava, cercou-o, e depois de preso o meteu numa prisão.

5 E tinha Salmanasar feito correrias por todo o país; e chegando a Samaria, a sitiou três anos.

6 Mas no ano nono de Osée, tomou o rei dos Assírios Samaria, e transportou os Israelitas para Assíria; e os pôs em Hala, e em Habor, cidades dos Médos, perto do rio Gozan.

7 Sucedeu pois que tendo os filhos de Israel pecado contra o Senhor seu Deus, que os tinha tirado da terra do Egito, do poder de Faraó, rei do Egito, adoraram a deuses estranhos.

8 E viviam segundo os costumes das gentes, que o Senhor exterminara na entrada dos filhos de Israel, e dos reis de Israel; porque tinham feito o mesmo.

9 E os filhos de Israel tinham ofendido o Senhor seu Deus com ações más; e tinham edificado para si altos em todas as suas cidades desde a torre dos guardas até à cidade forte.

10 E fizeram para si estátuas e bosques em todos os mais altos outeiros, e debaixo de todas as árvores frondosas;

11 E ali queimavam incenso sobre os altares à maneira das gentes, que o Senhor tinha exterminado na entrada deles; e cometiam ações criminosíssimas irritando o Senhor.

12 E adoravam as abominações, que o Senhor expressamente lhes tinha proibido que não fizessem.

13 E o Senhor tinha protestado em Israel e em Judá por todos os seus profetas, e videntes, dizendo: Voltai dos vossos caminhos corrompidos, e guardai os meus preceitos, e cerimônias conforme todas as leis que eu prescrevi a vossos pais; e do mesmo modo que eu vo-lo tenho declarado pelos profetas meus servos.

14 Eles o não quiseram ouvir, mas endureceram a sua cabeça, como as de seus pais, que não quiseram obedecer ao Senhor seu Deus.

15 E tinham rejeitado as suas leis, e o pacto, que fizera com seus pais, e as representações que contra eles fizera; e tinham corrido após as suas vaidades, e obrado vãmente; e seguiram as nações, de que estavam rodeados, acerca das quais o Senhor lhes tinha defendido que não fizessem assim como elas faziam.

16 E tinham abandonado todas as ordenações do Senhor seu Deus; e tinham feito para si dois bezerros fundidos, e bosques, e tinham adorado todos os astros do céu; e tinham servido a Baal,

17 E sacrificavam seus filhos, e suas filhas pelo fogo; e davam-se a adivinhações, e agouros; e se entregavam a fazer o mal diante do Senhor, para o irritar.

18 E o Senhor se indignou sobremaneira contra Israel, e os rejeitou de diante da sua face, não ficou senão somente a tribo de Judá.

19 Mas nem essa mesma tribo de Judá guardou os mandamentos do Senhor seu Deus; antes andou nos erros, que Israel tinha obrado.

20 E o Senhor abandonou a toda a linhagem de Israel, e os afligiu, e os deu em presa dos que os saqueavam, até que os lançou da sua presença;

21 Já desde aquele tempo, que Israel se separou da casa de David, e eles constituíram por seu rei a Jeroboão filho de Nabat; porque Jeroboão separou Israel do Senhor, e os fez cair num grande pecado.

22 E andaram os filhos de Israel em todos os pecados que tinha cometido Jeroboão; e não se apartaram deles,

23 Até que enfim repeliu o Senhor a Israel, de diante da sua face, como ele tinha predito por todos os profetas, seus servos; e foi Israel transferido do seu país para a Assíria, até ao dia de hoje.

24 Mas o rei dos Assírios trouxe gente de Babilônia, e de Cutha, e de Avah, e Emath, e de Sefarvaim; e os pôs nas cidades de Samaria em lugar dos filhos de Israel; e eles possuíram a Samaria, e habitaram nas suas cidades.

25 E quando tinham começado a habitar nelas, não temiam o Senhor; e o Senhor mandou contra eles leões que os matavam.

26 E avisaram ao rei dos Assírios, dizendo: Os povos, que tu transferiste, e que mandaste, que habitassem nas cidades de Samaria, ignoram o culto do Deus do país; e o Senhor mandou contra eles leões, e atende que os matam, porque não sabem o culto do Deus da terra.

27 E o rei dos Assírios ordenou, dizendo: Mandai para Samaria um dos sacerdotes, que vós de lá trouxestes cativos, e vá, e habite com eles, e lhes ensine o culto do Deus da terra.

28 Tendo logo vindo um dos sacerdotes, que tinham sido levados cativos de Samaria, habitou em Bethel, e lhes ensinava o modo como deviam honrar ao Senhor.

29 E cada um destes povos forjou para si seu deus; e os puseram nos templos dos altos, que os samaritanos tinham edificado, cada nação na sua cidade onde habitava.

30 Porque os babilônios fizeram a Socothbenoth; e os Cutheus fizeram a Nergel; e os de Emath fizeram a Asima.

31 E os Heveus fizeram a Nebahaz e Tharthac. Mas os que eram de Sefarvaim queimavam os seus filhos no fogo em honra de Adramélech e de Anamélech, deuses de Sefarvaim,

32 E todavia adoravam o Senhor. Eles fizeram os ínfimos do povo sacerdotes dos seus altos, e os punham nos templos dos altos.

33 E ainda que adorassem o Senhor, serviam também aos seus deuses à moda das nações do meio das quais tinham sido transferidos para Samaria.

34 E ainda hoje seguem o antigo costume; não temem o Senhor nem guardam as suas cerimônias, nem ordenações, nem leis, nem os preceitos, que o Senhor deu aos filhos de Jacob, a quem deu o sobrenome de Israel;

35 E com os quais tinha contratado aliança e lhes tinha mandado, dizendo: Não temais os deuses estrangeiros, e não os adorareis, nem os sirvais, e nem lhes sacrifiqueis;

36 Mas sim ao Senhor vosso Deus, que vos tirou da terra do Egito, por grande poder, e o braço estendido, a ele temei, e a ele adorais, e a ele oferecei os sacrifícios.

37 Guardai também as cerimônias, e as ordenações, e as leis e os preceitos, que ele vos deu por escrito, observando-os todos os dias; e não tenhais medo dos deuses estrangeiros.

38 E não vos esqueçais da aliança, que ele fez convosco; nem honreis deuses estrangeiros,

39 Mas temei ao Senhor vosso Deus, e ele vos livrará do poder de todos os vossos inimigos.

40 Mas eles não deram ouvidos, mas obraram seguindo o seu antigo costume.

41 E assim estes povos perseveraram em temer ao Senhor, mas todavia serviram também os seus ídolos; porque tanto seus filhos, como seus netos ainda hoje fazem como fizeram seus pais.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir