Bíblia do Caminho Antigo Testamento

2º Livro dos Reis    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 9

(Versículos e sumário)

9 E chamou o profeta Eliseu um dos filhos dos profetas, e lhe disse: Cinge os teus rins, e toma na mão esta redomazinha de óleo, e vai a Ramoth de Galaad.

2 E quando lá tiveres chegado verás a Jehu, filho de Josafat, filho de Namsi; e depois de entrardes o tirarás da roda de seus irmãos, e o levarás para um aposento retirado.

3 E tomando a redomazinha de óleo lha derramarás sobre a cabeça, e dirás: eis aqui o que diz o Senhor: Eu te ungi rei sobre Israel. E abrirás a porta, e fugirás, e não te demorarás ali.

4 O moço, pois, criado de Eliseu, partiu para Ramoth de Galaad,

5 E entrou ali; e viu assentados os principais oficiais do exército, e disse: Ó príncipe, eu tenho que te dar uma palavra. E Jehu disse: A qual de nós queres tu falar? E ele respondeu: A ti, ó príncipe.

6 Jehu pois se levantou e entrou para um quarto; e o moço lhe derramou óleo sobre a cabeça, e lhe disse: eis aqui o que diz o Senhor Deus de Israel: Eu te ungi em rei sobre Israel, povo do Senhor.

7 E extinguirás a casa de Acab, teu amo, e eu vingarei da mão de Jezabel o sangue dos profetas meus servos, e o sangue de todos os servos do Senhor.

8 E perderei toda a casa de Acab, e matarei da casa de Acab até o que urina à parede, desde o primeiro até o último em Israel.

9 E tratarei a casa de Acab, como a casa de Jeroboão, filho de Nabat, e como a casa de Baása, filho de Ahia.

10 Jezabel será também comida dos cães no campo de Jezrahel, e não se achará quem a enterre. E ele abriu a porta, e fugiu.

11 E Jehu saiu para onde estavam os oficiais de seu amo; os quais lhe disseram: Vai tudo bem? Que é o que te veio dizer esse louco? Ele lhe respondeu: Vós bem conheceis o homem, e o que ele me diria.

12 Porém eles replicaram: Não é assim; mas conta-no-lo antes. Jehu lhes disse: Ele me declarou tal coisa, e acrescentou: Eu te ungi em rei sobre Israel.

13 Com isto eles se levantaram apressados, e tomando cada um a sua capa, as puseram debaixo dos pés de Jehu, como uma espécie de trono, e tocaram a trombeta e disseram: Jehu é nosso rei.

14 Jehu pois, filho de Josafat, filho de Namsi, fez uma conjuração contra Jorão; porque Jorão com todo o Israel tinha cercado a Ramoth de Galaad, contra Hazahel, rei da Síria.

15 E tinha voltado para se curar em Jezrahel das feridas, que lhe tinham feito os Sírios, quando pelejava contra Hazael, rei da Síria; e disse Jehu: Se vos parece, ninguém saia nem fuja para fora da cidade, para que não vá dar a nova a Jezrahel.

16 E ele partiu, e marchou contra Jezrahel; Jorão pois estava ali doente, e Ocozias, rei de Judá, tinha vindo a visitar Jorão.

17 A sentinela pois que estava no alto da torre de Jezrahel, viu a tropa de Jehu que vinha, e disse: Eu vejo uma tropa. E disse Jorão: Toma um coche, e envia ao seu encontro, e quem for pergunte: Acaso vai tudo bem?

18 Foi pois o que tinha montado no coche, a encontrar-se com Jehu, e lhe disse: O rei te diz isto: Está tudo em paz? E Jehu lhe respondeu: Que tens tu com a paz? Passa, e segue-me. Deu a sentinela também aviso, dizendo: O mensageiro chegou a eles e não volta.

19 Mandou Jorão ainda segundo coche de cavalos; e o mensageiro chegou a eles, e disse: O rei diz isto: Está tudo em paz? E respondeu Jehu: Que tens tu com a paz? Passa, e segue-me.

20 E a sentinela avisou, dizendo: Ele chegou a eles, e não volta; mas o andar parece-se com o andar de Jehu, filho de Namsi, porque vem precipitadamente.

21 E disse Jorão: Metam os cavalos no coche. E meteram os cavalos no seu coche, e saiu Jorão, rei de Israel, e Ocozias rei de Judá, cada um no seu coche, e saíram a encontrar-se com Jehu, e o acharam no campo de Naboth Jezrahelita.

22 E Jorão tanto que viu a Jehu, disse: Temos paz, Jehu? Mas ele lhe respondeu: Que paz? Ainda as idolatrias e crimes de Jezabel, tua mãe, e os seus muitos encantamentos estão em vigor.

23 Logo voltou Jorão as rédeas, e fugindo disse para Ocozias: Estamos traídos, Ocozias.

24 Mas Jehu armou o seu arco, e feriu a Jorão por entre as espáduas; e a flecha lhe saiu pelo coração, e caiu logo morto no seu coche.

25 E disse Jehu ao capitão Badacer: Pega nele, e deita-o no campo de Nabot Jezrahelita; porque quando eu e tu sentados no coche seguíamos a Acab, pai deste, pronunciou o Senhor esta profecia contra ele, dizendo:

26 Eu juro, diz o Senhor, que neste campo vingarei em ti o sangue de Nabot, e o sangue de seus filhos, que eu vi derramar ontem. Agora pois pega nele, e deita-o no campo, conforme a palavra do Senhor.

27 Mas Ocozias, rei de Judá, vendo isto fugiu pelo caminho da casa do jardim; e Jehu foi em seguimento dele e disse: Mata também a este no seu coche; e o feriram na subida de Gaver que está ao pé de Jeblaam; e ele fugiu para Magedo, e ali morreu.

28 E seus servos o puseram sobre o coche, e o levaram para Jerusalém; e o sepultaram no sepulcro de seus pais na cidade de David.

29 No ano undécimo de Jorão, filho de Acab, reinou Ocozias sobre Judá.

30 E veio Jehu a Jezabel. Mas Jezabel tendo sabido a sua chegada, pintou os seus olhos com antimônio, e adornou a sua cabeça, e olhou pela janela

31 Para Jehu que entrava pela porta, e disse: Que paz se pode esperar de quem, como Zambri, matou seu amo?

32 E Jehu levantou o rosto para a janela, e disse: Quem é esta? E dois ou três eunucos lhe fizeram uma profunda reverência.

33 Mas Jehu lhe disse: Precipitai-a daí abaixo. E eles a precipitaram, e a parede ficou salpicada de sangue, e as patas dos cavalos a pisaram.

34 E tendo Jehu entrado para comer, e para beber, disse: Ide ver aquela desgraçada, e sepultai-a; porque é filha de rei.

35 E tendo ido para a enterrar, não acharam senão a caveira, e os pés, e as extremidades das mãos.

36 E vieram-no dizer a Jehu. E ele disse: Isto é o que o Senhor tinha pronunciado por Elias Thesbita, seu servo, dizendo: No campo de Jezrahel comerão os cães a carne de Jezabel,

37 E a carne de Jezabel será no campo de Jezrahel como o esterco sobre a face da terra, de sorte que os que passarem, digam: Esta é aquela Jezabel?



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir