Bíblia do Caminho  † Testamento Redentor

Índice Página inicial Próximo Capítulo

O Evangelho segundo S. Marcos  Ee

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 9

(Versículos e sumário)

O Reino vem!…

 

9 Dizia-lhes mais: Em verdade vos digo que dos que aqui se acham, alguns há que não hão de provar a morte, enquanto não virem chegar o Reino de Deus no seu poder.

 

A transfiguração de Jesus Ee

Mt = Lc

 

2 Seis dias depois Jesus leva consigo Pedro, Tiago e João, e os conduz em particular a um alto monte; transfigurando-se diante deles.

3 Suas vestes se tornaram resplandecentes, extremamente brancas como a neve, tais que nenhum lavadeiro sobre a terra poderia fazer tão brancas.

4 E apareceu-lhes Elias com Moisés; e estavam falando com Jesus.

5 Então Pedro disse a Jesus: Mestre, bom é que estejamos aqui e façamos três tendas, uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias.

6 Porém não sabiam o que dizer; pois estavam atônitos de medo.

7 Formou-se uma nuvem, obumbrando-os; e saiu uma voz da nuvem que lhes dizia: Este é meu filho diletíssimo; ouvi-o.

8 Logo que olharam em derredor não viram ali mais ninguém, senão somente a Jesus que estava com eles.

 

A vinda de Elias Ee

Mt

 

9 Ao descerem eles do monte, mandou-lhes que a ninguém contassem o que tinham visto; até que o Filho do Homem houvesse ressurgido dos mortos.

10 Eles guardaram segredo, disputando entre si, sobre o que queria dizer aquela palavra: Até que houvesse ressurgido dos mortos.

11 E lhe interrogaram: Pois como dizem os fariseus e os escribas que Elias deve vir primeiro? (Ml)

12 Ele respondendo, lhes disse: Elias quando vier primeiro, reformará todas as coisas; e como está escrito acerca do Filho do Homem, deve padecer muito, e ser desprezado(Is)

13 Mas digo-vos que Elias já veio (e fizeram dele quanto quiseram) como dele está escrito.

 

A cura de um jovem possesso Ee

Mt = Lc

 

14 Aproximando-se de seus discípulos, viu muita gente perto deles e os escribas disputando com eles.

15 Logo que o povo viu Jesus ficou espantado, todos se encheram de temor e correndo a ele o saudavam.

16 Ele perguntou-lhes: Que é o que estais disputando entre vós?

17 Alguém do povo disse: Mestre, eu te trouxe meu filho, possuído de um Espírito mudo;

18 O qual, onde quer que o apanha lança-o por terra, e o moço deita escuma pela boca, range os dentes e vai-se mirrando. Roguei a teus discípulos que o expulsassem e eles não puderam.

19 Respondendo-lhes, disse: Ó geração incrédula, até quando hei de estar convosco? Até quando vos hei de sofrer? Trazei-mo aqui.

20 Trouxeram-lho então. Quando ele o viu, logo o Espírito o convulsionou, até que caiu por terra, onde se revolvia babando-se todo.

21 Perguntou Jesus ao pai dele: Quanto tempo faz que lhe sucede isto? Ele disse: Desde a infância;

22 E o demônio  n o tem lançado muitas vezes no fogo e muitas na água, para o matar; porém, se podes alguma coisa, ajuda-nos, tem compaixão de nós.

23 Disse-lhe Jesus: Se podes crer, tudo é possível ao que crê.

24 Imediatamente o pai do moço gritando, dizia com lágrimas: Sim, Senhor, eu creio; ajuda a minha incredulidade.

25 Jesus vendo que o povo se aglomerava, repreendeu o Espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito surdo e mudo, eu te ordeno, sai desse moço; e não tornes a entrar nele.

26 Então, dando grandes gritos e maltratando-o muito, saiu dele, deixando-o como morto, de sorte que muitos diziam: Está morto.

27 Jesus, porém, segurando-o pela mão o levantou, e ele se ergueu.

28 E depois que entrou em casa, perguntaram-lhe seus discípulos em particular: Por que nós não pudemos expulsa-lo?

29 Ele lhes disse: Este gênero de demônios não se pode expulsar, senão à força de oração e de jejum.

 

Segunda anúncio da Paixão Ee

Mt = Lc

 

30 Tendo partido dali, caminharam mais além de Galileia; e não queria que ninguém o soubesse.

31 Entretanto ensinava a seus discípulos, e dizia-lhes: O Filho do Homem será entregue às mãos dos homens, que lhe tirarão a vida, e ele ressurgirá ao terceiro dia, depois da sua morte.

32 Mas eles não entendiam o que dizia, e tinham medo de lho perguntar.

 

O maior no Reino dos Céus Ee

Mt = Lc

 

33 Vieram depois a Cafarnaum. Quando eles já estavam em casa perguntou-lhes Jesus: De que vínheis tratando pelo caminho?

34 Mas eles calaram-se: Porque no caminho haviam disputado entre si qual deles era o maior.

35 E, sentando-se, chamou aos doze e lhes disse: Se alguém quer ser o primeiro, será o último de todos, e o servo de todos.

36 E atraindo a si um menino, pô-lo no meio deles, depois de o abraçar, e disse-lhes:

37 Todo que receber um destes meninos em meu nome a mim me recebe; e todo o que me receber a mim, não me recebe a mim, mas recebe àquele que me enviou.

 

Em nome de Jesus Ee

Lc

 

38 Disse-lhe João: Mestre, vimos a um expulsando demônios em teu nome, que nos não segue, e lho proibimos.

39 Mas disse-lhe Jesus: Não lho proibais; porque não há ninguém que faça prodígios em meu nome, e que possa logo dizer mal de mim;

40 Porque quem não é contra vós, é por vós.

41 E qualquer que vos der a beber um copo d’água em meu nome, em atenção a que sois do Cristo: digo-vos em verdade que não perderá seu galardão.

Do escândalo Ee

Mt = Lc

 

42 E todo o que escandalizar a um destes pequenos que creem em mim: melhor lhe fora que lhe atassem ao pescoço uma mó de atafona, e que o lançassem no mar.

43 E se a tua mão te escandalizar, corta-a; melhor te é entrar na vida eterna aleijado, do que tendo duas mãos, ir para o inferno [geena], W para o fogo que nunca se apaga;

44 Onde o bicho que os rói nunca morre, e onde o fogo jamais se apaga(Is)

45 E se o teu pé te escandaliza, corta-o; melhor te é entrar na vida eterna coxo, do que tendo dois pés ser lançado no fogo do inferno [da geena], fogo que nunca se apaga;

46 Onde o bicho que os rói nunca morre, e onde o fogo jamais se apaga.

47 E se o teu olho te escandaliza, lança-o fora; melhor te é entrar no Reino de Deus sem um olho, do que tendo dois ser lançado no fogo do inferno [da geena];

48 Onde o bicho que os rói nunca morre, e onde o fogo jamais se apaga.

 

O sal e nós Ee

Mt = Lc

 

49 Todos serão salgados ao fogo.

50 O sal é bom; porém se ele se fizer insípido, com que haveis de temperar? Tende sal em vós, e guardai paz entre vós.

 


Nota:  Nos originais traduzidos pelo Padre Figueiredo, tanto em latim como em português, o capítulo anterior terminava no versículo 39; mas para que haja conformidade com as outras versões da Bíblia, ele foi transferido para o início desse capítulo; ficando assim alterada a numeração dos versículos, que passa a ser de 39 para 38 no capítulo anterior e de 49 para 50 nesse capítulo.

 

Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition. Edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt

 

.

D
W