Bíblia do Caminho Testamento Redentor

Atos dos Apóstolos  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 28  † 

(Versículos e sumário)

28 Quando já estávamos a salvo, soubemos então que a ilha se chamava Malta.

2 Os nativos nos trataram com muita humanidade; n pois acenderam uma grande fogueira e nos abrigaram a todos em razão da chuva iminente e do frio.

3 Então havendo Paulo ajuntado e posto sobre o lume um molho de vides, uma víbora que fugia do calor lhe acometeu uma mão.

4 Quando porém os nativos viram a bicha pendente da sua mão ficaram estupefactos, e um dentre eles disse: Certamente este homem é um homicida, pois tendo escapado do mar, a deusa Vingança  †  o não deixa viver.

5 Ele, no entanto, sacudindo a víbora no fogo, não experimentou nenhum dano.

6 Eles porém esperavam que viesse a inchar, e que caísse subitamente e morresse. Mas depois de esperarem muito tempo, e vendo que não lhe sucedia mal algum, converteram-se, dizendo que ele era algum deus.

7 No local havia uma herdade do príncipe da ilha chamado Públio, o qual hospedando-nos por três dias em sua casa, tratou-nos bem.

8 Aconteceu porém que o pai de Públio estava doente com febre e disenteria. Paulo foi vê-lo e quando orou, impondo-lhe as mãos, curou-o.

9 Depois disto, todos os que se achavam doentes na ilha, vinham a ele e eram curados.

10 Eles também nos distinguiram com grandes honras, e quando estávamos a ponto de navegar, nos proveram do que era necessário.

11 E ao cabo de três meses embarcamos num navio de Alexandria que tinha invernado na Ilha, o qual levava por insígnia Castor e Pólux.  † 

12 E chegando a Siracusa, ficamos ali três dias.

13 De lá, circundando a costa, viemos a Rhégio e um dia depois, soprando o vento sul, em dois dias chegamos a Puzzolo;

14 Onde achamos alguns irmãos que nos rogaram ficássemos com eles sete dias; e então fomos para Roma.

15 Sabendo da nossa chegada os irmãos saíram para receber-nos à Praça d’Áppio e às Três Vendas. Quando Paulo os viu, dando graças a Deus, cobrou ânimo.

16 E tendo chegado a Roma, foi dada permissão a Paulo morar onde quisesse com a custódia de um soldado.

17 Mas passados três dias ele convocou os principais dos judeus; que vindo, se reuniram, então lhes disse: Eu, varões irmãos, sem cometer nada contra o povo, nem contra os costumes de nossos pais, havendo sido preso em Jerusalém, fui entregue nas mãos dos romanos.

18 Os quais tendo-me examinado, quiseram soltar-me, visto que não achavam em mim crime algum que merecesse morte.

19 Mas opondo-se a isso os judeus, vi-me obrigado a apelar para César, sem intentar contudo acusar de alguma coisa os da minha nação.

20 Por este motivo é que vos chamei, para vos ver e vos falar. Porquanto, pela esperança de Israel é que estou preso com esta cadeia.

21 Então eles lhe disseram: Nós sequer recebemos carta da Judeia que fale em ti, nem de lá tem vindo irmão algum que, vos anunciando, falasse mal de ti.

22 Porém quiséramos ouvir de ti o que sentes, porque nos é notório, quanto a esta seita, que em toda parte a contradizem.

23 Tendo ele lhes aprazado um dia, muitos deles vieram vê-lo em sua hospedagem, aos quais explanava testificando o Reino de Deus, a fim de convencê-los a respeito de Jesus pela lei de Moisés e pelos profetas, de manhã até o entardecer.

24 E alguns criam o que ele dizia, outros porém não criam.

25 Como não concordassem entre si, estavam para se retirar, quando Paulo lhes disse: Bem falou o Espírito Santo pelo profeta Isaías, a nossos pais,

26 Dizendo: Vai a esse povo, e dize-lhes: Ouvi, ouvintes, e não entendereis, e vendo, vereis e não percebereis.

27 Porque o coração deste povo se endureceu, e ensurdeceu-lhes os ouvidos, e fecharam-se-lhes os olhos, para que não vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, e entendam no coração, e se convertam e eu os cure. ( † )

28 Seja-vos pois notório que aos gentios é enviada esta salvação de Deus, e eles a ouvirão.

29 E tendo acabado de dizer isto, saíram dali os judeus, tendo entre si grandes altercações.

30 Dois anos inteiros permaneceu Paulo num aposento que alugara, e recebia a todos que o vinham ver, n

31 Pregando o Reino de Deus, e ensinando as coisas que são concernentes ao Senhor Jesus Cristo, com toda a liberdade, sem proibição.



[1] Na versão do P. Figueiredo a primeira parte do vers. 2 está no final do v. 1, a alteração foi feita tanto em latim quanto em português, para haver correspondência com outras versões da Bíblia.


[2] Confira o que se passou com Paulo em Roma nos dois últimos capítulos de Paulo e Estêvão.


Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Novum Testamentum Graece (NA28 - Nestle/Aland, 28th revised edition, edited by Barbara Aland and others) Parallel Greek New Testament by John Hurt.


.

Abrir