Bíblia do Caminho  † Testamento Redentor

Índice Página inicial Próximo Capítulo

1ª Epístola de S. Paulo aos Coríntios  Ee

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 9  Ee

(Versículos e sumário)

9 Não sou livre? Não sou apóstolo? Não vi o Cristo Jesus, nosso Senhor? Não sois vós obra minha no Senhor?

2 E, se para outros não sou apóstolo, ao menos para vós o sou, porque vós sois o selo do meu apostolado no Senhor.

3 Minha defesa aos que me interrogam é esta:

4 Porventura não temos nós direito de comer e de beber?

5 Acaso não podemos andar acompanhados por uma mulher irmã, assim como também os outros apóstolos e os irmãos do Senhor e Cefas?

6 Ou só eu e Barnabé não temos o direito de fazer isto?

7 Quem milita sob estipêndio próprio? Quem planta uma vinha, e não come de seu fruto? Quem apascenta um rebanho, e não se alimenta do leite do rebanho?

8 Porventura digo isso como homem? Ou não o diz também a lei?

9 Porque está escrito na lei de Moisés: Não atarás a boca ao boi que debulha(Dt) Acaso tem Deus cuidado dos bois?

10 Ou não é antes por nós mesmos que ele diz isto? Por certo que por nós é que estão escritas estas coisas; porque o que lavra, deve lavrar com esperança; e o que debulha, deve-o fazer com esperança de perceber os frutos.

11 Se nós vos semeamos dádivas espirituais, será muito que de vós colhamos as carnais?

12 Se outros participam deste direito sobre vós, por que não o podemos nós? Mas não temos feito uso deste direito, antes tudo suportamos por não criar obstáculo algum ao Evangelho do Cristo.

13 Não sabeis que os que trabalham no sacrário, comem do que há no sacrário; e que os que servem ao altar, participam do altar?

14 Assim também ordenou o Senhor aos que pregam o Evangelho, que vivessem do Evangelho.

15 Eu porém de nada disto tenho me valido. Nem tão pouco escrevo isto para que se faça assim comigo, porque tenho por melhor morrer antes que alguém me faça perder esta glória.

16 Porquanto se evangelizo não tenho de que me gloriar, pois tenho necessidade de me incumbir disto; porque ai de mim se eu não evangelizar.

17 Assim que, se o faço voluntariamente, haverá mercê; se, porém, o fizer de má vontade, minha dispensação fica sem crédito.

18 Qual será então meu benefício? É que pregando o Evangelho, eu o faço sem cobrar pelo Evangelho; para não abusar dos meus direitos no Evangelho.

19 Porque sendo livre para com todos, me fiz servo de todos, para ganhar a muitos.

20 Com os judeus, agi como judeu, para ganhar os judeus que estão debaixo da lei, como se eu estivesse debaixo da lei, (conquanto não esteja debaixo da lei) para ganhar aqueles que estavam debaixo da lei;

21 Para os que estavam sem lei, agi como se eu estivesse sem lei, (conquanto não estivesse sem a lei de Deus, estava, porém, na lei do Cristo) para ganhar os que estavam sem lei.

22 Fiz-me fraco com os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para que todos fossem salvos.

23 Tudo faço pelo Evangelho, para dele me fazer partícipe.

24 Não sabeis que nas corridas do estádio, embora todos corram, um só leva o prêmio? Assim, correi para consegui-lo.

25 Todo aquele que luta numa competição de tudo se abstém, e o faz certamente por alcançar uma coroa corruptível; nós porém o fazemos por uma incorruptível.

26 Pois eu assim corro, não como para alvo incerto; assim luto, não como quem golpeia o ar;

27 Mas castigo o meu corpo e o reduzo à servidão, para que não suceda que havendo pregado aos outros, venha eu mesmo a ser reprovado.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition. Edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

D
W